PAULO REGIS MACHADO BOTELHO
CADEIRA 99
PAULO REGIS MACHADO BOTELHO
Data de Ingresso: 23/03/2020

Paulo Régis Machado Botelho é natural de Fortaleza-ce, nascido no dia 01 de abril de 1967.

Graduado em Direito pela Universidade Federal do Estado do Ceará – UFC e em jornalismo pela Universidade de Fortaleza – UNIFOR. Iniciou sua vida profissional na advocacia privada em 1989, e na sequência, em 1991 na advocacia pública, onde exerceu a função de Procurador do Estado do Ceará.

Em 1993 assumiu a função de Juiz do Trabalho Substituto junto ao TRT da 6ª. Região – PE, onde permaneceu até o ano de 1994, quando o desejo de retornar para o Estado do Ceará foi mais forte, tendo se submetido a um novo concurso para magistratura, recebendo nova aprovação e se integrando de forma definitiva no TRT da 7ª. Região.

Leciona na Universidade de Fortaleza – UNIFOR desde 1992, ministrando aula nas disciplinas de Direito do Trabalho, Direito Processual do Trabalho, Prática Trabalhista e Deontologia Jurídica.

Foi mentor e coordenador do primeiro curso de especialização em Direito do Trabalho no Estado do Ceará no ano de 1995.

Foi Presidente da AMATRA VII em dois biênios, 1998 a 2000 / 2000 a 2002. E integrou a Diretoria da ANAMATRA de 2001 a 2003 e de 2005 a 2007.

Exerceu durante os anos de 2007 -2008 a função de Juiz auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça – CNJ.

Entre os anos de 2016 – 2018 foi Juiz auxiliar da Presidência do TRT da 7ª. Região.

No final do ano de 2018 foi promovido para a função de Desembargador junto ao seu Tribunal.

É especialista em Direito Constitucional pela Universidade de Fortaleza- UNIFOR, especialista em Direito Processual Civil e mestre em Direito Constitucional pela Universidade Federal do Ceará – UFC e Doutor em Direito do Trabalho pela Pontifícia Universidade Católica – PUC /SP.

Autor do livro “A influência das claúsulas gerais na formação, execução e extinção do contrato de trabalho” publicado pela editora Quartier Latin e colaborador em diversas obras coletivas dedicadas à temática laboral.

Integra como acadêmico fundador a Academia Cearense de Direito do Trabalho e a Academia Cearense de letras jurídicas.

Faz parte dos quadros do Instituto dos Advogados do Ceará – IAC e do Instituto dos Magistrados do Ceará – IMC.

Foi eleito em 23 de março de 2020 para integrar a Academia Brasileira de Direito do Trabalho como titular da Cadeira nº 99.

© Copyright 2015, Todos os direitos reservados.